Projetos

Programa Juçara

O IPEMA vem, desde 2005, trabalhando com as comunidades da região, capacitando-as para o manejo sustentável da palmeira juçara, espécie da Mata Atlântica, ameaçada de extinção. Entre 2006 e 2009 realizou a capacitação de agricultores durante o Projeto Formação de Agentes Agroflorestais, com o apoio do MDA (Ministério do Desenvolvimento Agrário).

Durante 2010 e 2011 a instituição realizou o Projeto Juçara, quando trabalhou com as comunidades tradicionais caiçaras, quilombolas e indígena de Ubatuba, e produtores rurais de São Luiz do Paraitinga e Natividade da Serra, (em parceria com a AKARUI). Teve o patrocínio da Petrobras, através do Programa Petrobras Ambiental.

A partir desse projeto, o IPEMA ampliou suas ações criando o Programa Juçara, que incorporou outros projetos, como o Manejo Florestal Comunitário da Juçara e Cambuci, que teve o apoio do FUNBIO (Fundo Brasileiro para a Biodiversidade), com recursos do TFCA. Esta iniciativa possibilitou diversas ações no sentido de promover e apoiar a comunidade para a gestão e organização de sua produção, incluindo outros produtos além da polpa do fruto da juçara.

 

A experiência e os resultados com os projetos anteriores, somados a um novo patrocínio da Petrobras, possibilitaram a segunda fase do Projeto Juçara, de 2013 a 2015. Significou o fortalecimento da agricultura familiar com a consolidação dos empreendimentos familiares, permanecendo com as comunidades atendidas em Ubatuba e expandindo para as comunidades de Paraty, no Rio de Janeiro. Para saber mais:

www.projetojucara.org.brmanejojucaraecambuci.blogspot.com.br

O reconhecimento desse trabalho se deu através do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social. O IPEMA foi um dos 3 finalistas na categoria Comunidades Tradicionais, Agricultores Familiares e Assentados da Reforma Agrária. Selecionado entre mais de 800 inscritos, 154 projetos foram certificados pela Fundação Banco do Brasil. Entre os 18 que foram escolhidos como finalistas do Prêmio, a tecnologia social aplicada no Projeto Juçara foi premiada em 2016.

Projeto Juçara

Projeto Juçara, em suas duas fases, se fundamentou na divulgação e expansão da utilização dos frutos da palmeira juçara para produção de polpa alimentar e seu uso na culinária; consolidação de sua cadeia produtiva, por meio da difusão do manejo sustentável da juçara para geração de renda, associada a atividades de recuperação da espécie e da Mata Atlântica; e a reconversão produtiva de áreas, contribuindo com a fixação de carbono.

Ao longo de todo o Programa Juçara inúmeros resultados foram alcançados, beneficiando a população envolvida, não só os produtores, como a comunidade escolar. Destaque especial para a safra de frutos de 2014 na comunidade do Ubatumirim. Além da capacidade produtiva dessa comunidade, percebe-se o potencial que o município tem de produção de juçara. Isso, sem falar que cerca de metade das árvores não foram colhidas, ou seja, foram garantidos os frutos para as espécies que deles se alimentam.

A polpa produzida pelas comunidades foi comercializada no mercado local e destinada para a alimentação escolar: 3,5 toneladas de polpa para toda a rede pública de Ubatuba, um total de 22 mil alunos. Totalmente aprovada pelas crianças e jovens que tomaram.

Umas das atividades do projeto foi a revitalização do viveiro no Quilombo do Campinho, em Paraty, para a produção de 50 mil mudas de juçara e outras nativas. Outro resultado importante foram as Festas da Juçara, com 5 edições, organizadas pelas comunidades com apoio do IPEMA.

Projeto do BB Eco-futuro: capacitação transformadora para a juventude

O Projeto Ecofuturo: Capacitação Transformadora para a juventude, aprovado em 2016 e financiado pela Fundação Banco do Brasil, tem o objetivo capacitar jovens, moradores de comunidades socialmente vulneráveis, em técnicas sustentáveis, com oficinas de educação ambiental e vivência em permacultura, gratuitas e de qualidade. Tem parceria com o Projeto TAMAR e com o GAIATO.

Projeto Manejo Florestal Comunitário

O projeto Manejo Florestal Comunitário da Juçara e Cambuci consistiu na continuidade das experiências desenvolvidas pelo IPEMA e uma rede de parceiros com objetivo de fortalecer os arranjos produtivos da sociobiodiversidade na Mata Atlântica, por meio da promoção do manejo sustentável da palmeira juçara e outras espécies nativas na comunidade do Sertão do Ubatumirim em Ubatuba-SP. Financiado pelo Fundo Brasileiro para a Diversidade – FUNBIO, através do acordo bilateral entre Brasil e Estados Unidos pelo Tropical Forest Conservation Act – TFCA.

CEDS

O projeto Ecocapacitação em Tecnologias Sustentáveis teve como propósito principal a difusão de técnicas construtivas de baixo custo, como estratégia para minimizar os impactos ambientais das construções através de metodologias que abordaram a educação ambiental.

O Projeto Ecocapacitação em Tecnologias Sustentáveis, realizado no Centro Experimental de Permacultura (CEP), situado no bairro Corcovado, entre junho e outubro de 2012, ofereceu oficinas gratuitas aos moradores do litoral do Estado de São Paulo com momentos teóricos e práticos. O resultado final foi uma casa construída com técnicas de bioconstrução, erguida durante as aulas práticas, que é utilizada como alojamento para alunos. Em sua construção foram utilizados diversos materiais reutilizados, como as portas, janelas, pia e bidê do banheiro. O telhado da casa é feito de bambu em sua base e com teto verde, as colunas são postes descartados da rede pública de iluminação e as paredes de pau a pique e COB, entre outros materiais sustentáveis.

O projeto foi fruto de um convênio entre a Petrobras, a UNISANTOS (Universidade Católica de Santos), REALNORTE (Colegiado das Entidades Ambientalistas do Litoral Norte) e o CEDS (Centro de Experimentação e Diálogo para Sustentabilidade), e tem parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Ubatuba.

O IPEMA acredita na mobilização da população local e se orgulha de ações como essa. A Instituição agradece a todos os que participaram de mais essa vitória!

Noticias: veja matéria publicada na revista digital Plurale em Ação.